Remédios caseiros para dor de ouvido

Sensação de queimação e dor de cabeça constante são apenas alguns sinais que podem indicar uma dor de ouvido. A inflamação no ouvido é um problema muito comum, especialmente em crianças, e costuma afetar as pessoas de maneiras diferentes.

De acordo com Fernando Kaoru, otorrinolaringologista da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo, o tratamento para dor de ouvido irá depender do que está ocasionando a dor. Por isso, somente um especialista capacitado pode dizer qual o medicamento mais indicado para o seu caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento.

O melhor remédio caseiro para dor de ouvido

Contudo, o otorrinolaringologista indica que o remédio caseiro para dor de ouvido mais prático e eficaz de todos: fazer compressa de água quente no local da dor. Embora, a técnica não ajude a tratar a inflamação, ela irá contribuir para o alívio das dores.

Ao notar os primeiros sinais de dor de ouvido é essencial procurar um clínico geral ou um otorrinolaringologista para receber o tratamento apropriado.

Remédio caseiro para dor de ouvido funciona?

Existem uma série de remédios caseiros para dor de ouvido ensinada entre as pessoas e até em sites na internet:

  • Colocar cebola ou ajuda no local inflamado;
  • Aplicar chá de hortelã na inflamação;
  • Inserir um algodão com álcool no local inflamado;
  • Colocar gotas de azeite na inflamação;
  • Aplicar chá de camomila no ouvido inflamado.

No entanto, Fernando Kaoru revela que esses tratamentos caseiros, na maioria das vezes, não são eficazes: “Não existe nenhum estudo que comprove cientificamente que os tratamentos caseiros funcionam e a maioria das opções acima pode até piorar o quadro dependo da causa da dor”, disse o especialista.

Causas mais comuns da dor de ouvido

A dor de ouvido pode afetar ambas as orelhas de uma vez ou apenas um ouvido. As razões mais comuns para a dor de ouvido incluem:

  • Algum fluído que se instalou dentro do canal auditivo, como água ou cosméticos;
  • Infecção do canal auditivo fora do tímpano (otite externa);
  • Um furúnculo ou folículo piloso infectado no canal auditivo;
  • Lesão no canal auditivo a partir de objetos, como cotonetes ou objetos pontiagudos;
  • Bloqueios na orelha causado por placas de cera ou objetos empurrados pelo canal auditivo;
  • Infecções de garganta (incluindo amigdalite) e resfriados;
  • Alergias no trato respiratório, ou infecções como rinossinusite.

Leave a Reply